Basquete

Flamengo Blumenau é vice-campeão do Campeonato Brasileiro 2021

Equipe foi derrotada pelo União Corinthians(RS).

Publicado em 23/05/2021 10h47 - Atualizado há 4 semanas - de leitura
Momento histórico para Santa Catarina./Foto: Lucas Inácio
Momento histórico para Santa Catarina./Foto: Lucas Inácio

O Flamengo Blumenau é vice-campeão Brasileiro de 2021. A equipe catarinense disputou a decisão da competição nacional, neste sábado (21), na Arena Brusque, e foi derrotada pelo União Corinthians (RS) por 80 a 68. O MVP da final foi o pivô da equipe gaúcha Ralfi Ansaloni que anotou 22 pontos, 6 rebotes e 1 assistência. Já o MVP da competição foi o pivô João Pedro, da equipe blumenauense com 14,1 pontos, 8,6 rebotes de média e atuações decisivas para levar o time à decisão. O bronze ficou com o Osasco que venceu o Botafogo no primeiro jogo do dia por 77 a 72.

A decisão começou com um primeiro quarto avassalador da equipe gaúcha que chegou a liderar por 14 pontos. Porém, Blumenau aos poucos construiu a reação e tomou a liderança na metade do segundo período, com defesa forte e muita luta no garrafão adversário (total de 15 rebotes ofensivos, sendo quatro do MVP João Pedro). Ainda deu tempo para o União Corinthians equ retomar a liderança e terminar o primeiro tempo à frente por 4 pontos.

A segunda etapa foi um jogo de ajustes em um verdadeiro show dos técnicos André Germano (Blumenau) e Athos Calderano (União Corinthians). A cada reação que o Flamengo Blumenau ameaçava, o União Corinthians respondia, com isso o placar variou entre 4 e 9 pontos até a metade do último período. Precisando da virada, os catarinenses investiram em arremessos de longe e infiltrações, esbarrando muitas vezes no pivô Ralfi, o MVP da partida. Do outro lado, a equipe de Santa Cruz do Sul movimentou bem a bola para achar brechas na defesa blumenauense, um jogo coletivo que resultou em 28 assistências ao longo da partida contra 15 do rubro-negro. Com isso a vantagem aumentou na reta final de jogo, não dando tempo para a reação catarinense.

Mesmo com a tristeza do time após a derrota, o pivô João Pedro destacou o trabalho realizado em grupo e como a competição foi importante para ele e para os próximos passos do projeto. "Esse time foi uma benção para mim, nunca me senti tão feliz na carreira quanto com esses caras, esse prêmio é um pedacinho para cada um, a gente queria o título, claro, mas sabemos que estamos no caminho certo, o trabalho foi muito bem feito e só temos a agradecer a quem correu junto", falou em entrevista à CBB TV após o jogo.

Arbitragem catarinense presente

Além das quatro equipes que Santa Catarina colocou no torneio, a arbitragem do estado também teve destaque. A final foi comandada por Guilherme Locatelli como árbitro principal, Alan Tiago dos Santos e Fábio Catarina comandaram a disputa do bronze, e Leandro Senhem arbitrou a semifinal da competição. Oficiais de mesa e representantes do Estado também desempenharam suas funções. No total foram 11 árbitros convocados para o campeonato.

"É muito importante a CBB retornar com suas competições e o que ele representa. É um prazer fazer parte de um momento desses em um evento tão bonito", falou o árbitro olímpico, Guilherme Locatelli para a CBB TV e ainda contou sobre sua participação nos Jogos de Tóquio. "É sempre especial, Jogos Olímpicos são tão importantes para o árbitro quanto para os atletas e a expectativa é grande porque vai ser um momento de recomeço para toda a sociedade e uma honra em representar a arbitragem brasileira que tem um histórico de décadas de sucesso na arbitragem internacional".

Momento histórico para Santa Catarina

Outro momento marcante foi a celebração final entre a equipe da Confederação Brasileira de Basketball e da Federação Catarinense de Basketball ao fim do evento. Foram nove dias de organização para as finais, além de outros 10 dias da última etapa da primeira fase em Brusque. O presidente Fábio Deschamps falou sobre Santa Catarina recebendo uma competição dessa importância e ser reconhecida pelo Brasil. "Para nós é muita alegria ser palco desse momento para o basquete brasileiro. Gostaria de parabenizar à CBB pela competição e agradecer pela parceria de fazermos isso juntos, o Campeonato foi um sucesso, os atletas deram show em quadra e o Brasil todo viu o trabalho que estamos realizando aqui no estado", disse Deschamps.

Além disso, o presidente concluiu falando sobre como o apoio aos times de alto rendimento impacta no desenvolvimento do esporte social. "Quando as equipes participam de ligas nacionais é importante porque desperta o interesse das crianças e as motiva a praticarem o basquete. Além de promover saúde, elas têm integração social, fazem amizades, desenvolvem o trabalho em equipe e vários outros valores para a vida. Não é só uma atividade física, é uma atividade social", destacou ao lembrar da parceria com a Trimania que possibilita a realização das ações da FCB no esporte e na Assistência social.

Fonte: Assesssoria de Comunicação FCB

Momento histórico para Santa Catarina./Foto: Lucas Inácio Flamengo Blumenau vice-campeão Brasileiro de Basquete./Foto: Lucas Inácio

Últimas notícias

VER MAIS NOTÍCIAS



Top Vídeos

:: assista aos destaques

ECJR NOTÍCIAS

Programa desta terça-feira(20/04) destaca a rodada do Campeonato Catarinense, o novo técnico da Chapecoense. Ainda destaque para o Futsal Parananense e o esporte regional. Confira:

há 2 meses


ESTADUAL LCF 2016

há 2 meses


ECJR NOTÍCIAS

há 2 meses