Chape cai no Maracanã.

28 MAI 2018
28 de Maio de 2018

Foi a primeira derrota do Verdão para o Tricolor Carioca.Foto: Fluminense oifical.

A tarde era de tempo bom no Rio de Janeiro, com temperatura de 24ºC no estádio do Maracanã. O jogo Fluminense x Chapecoense foi o primeiro da 7ª rodada da Série A deste ano. O time carioca querendo subir ainda mais na tabela de classificação e o representante de Santa Catarina precisando se afastar de vez da zona do rebaixamento.

Nos primeiros minutos a Chapecoense se comportava bem em campo e o Fluminense não representava perigo. Defensivamente, era um time muito melhor do que na rodada anterior.

Só que na metade do primeiro tempo, aos 21 minutos, desandou a defesa do Verdão. Marcos Junior, da esquerda, cruzou na área, Gilberto passou para Pedro e o artilheiro do Flu tirou o primeiro zero do marcador. E aos 25 minutos, Jadson lançou e Douglas se atrapalhou com o goleiro Jandrei, que sai da meta. Era o segundo do time da casa.

Logo na sequência a Chape perdeu a oportunidade de pelo menos descontar. Canteros mandou uma bola na trave e depois Arthur Caike concluiu, mas mandou para fora. E os primeiros 45 minutos encerraram com a vitória parcial do Flu, por 2 a 0. Gum ainda precisou ser substituído antes do apito, dando lugar para Nathan Ribeiro.

No intervalo Gilson Kleina tirou Márcio Araújo e colocou Nadson. Já Abel Braga sacou Marcos Junior e promoveu a entrada de Robinho. E logo no começa da etapa complementar, a Chapecoense voltou pro jogo, como se diz no meio do futebol. E foi em grande estilo. Arthur Caike cobrou falta frontal e descontou para 2 a 1.

O time de Abel Braga caiu de produção e os comandados de Gilson Kleina cresceram em campo. Amaral teve de deixar o campo após choque de cabeça, entrando Leandro Pereira. Na sequência, Júlio César salvou o empate. Uma vez na conclusão de Canteros e, no rebote, de Arthur Caike. Wellington Paulista ainda tentou, porém sem sucesso.

Leandro Pereira perdeu um gol quase feito, aos 26’, após cruzamento de Canteros. A Chape pressionava, mas o gol não acontecia. Bruno Silva foi o terceiro a entrar, no lugar de WP9.

E, também como se diz no futebol, quem não faz leva. A Chapecoense tentou mas não fez. O Fluminense, então, marcou, com Pedro, aos 41 minutos do segundo tempo. Caiu mais um tabu, o de nunca ter perdido para o Fluminense. Placar final: Flu 3×1 Chape.

O alerta está ligado, ainda mais forte. Neste sábado, o Verdão falhou defensiva e ofensivamente. Na quarta-feira (30) a Chapecoense jogará em casa, pela 8ª rodada, diante do Ceará, às 21h.

Fluminense: 22)Julio Cesar 3)Gum (Nathan Ribeiro) 4)Renato Chaves 14)Luan Peres 2)Gilberto 25)Richard 16)Judson 10)Sornoza 12)Marlon 35)Marcos Junior (Robinho) 9)Pedro  (Airton) Técnico – Abel Braga

Chapecoense: 93)Jandrei 20)Apodi 3)Rafael Thyere 23)Douglas 6)Bruno Pacheco 8)Canteros 18)Márcio Araújo (Nadson) 55)Amaral (Leandro Pereira) 86)Elicarlos 9)Wellington Paulista (Bruno Silva) 18)Arthur Caike Técnico – Gilson Kleina

Arbitragem: Rafael Traci, auxiliado por Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta. Trio CBF do Paraná

Cartões amarelos: Marlon (Flu); Bruno Pacheco (Chap)

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro

Horário: 16h (Domingo, dia 26/05/18)

Público: 14.541 (Total) / 13.165 (Pagante)

Renda: R$ 395.375,00

Fonte: Rádio Chapecó

Voltar

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.

Clique aqui para editar.