Jaraguá desperdiça chances e e sai em desvantagem na semifinal do Estadual.

06 DEZ 2017
06 de Dezembro de 2017


Jaraguá Futsal e Joinville protagonizaram mais um grande clássico de sua história, desta vez pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Catarinense da Divisão Especial 2017. Na noite desta terça-feira (5), os rivais fizeram dois tempos bem distintos. No primeiro, a equipe joinvilense foi melhor e abriu dois gols de diferença. Já no segundo, o aurinegro mostrou superioridade, diminuiu o placar e pressionou o rival em busca do empate. Porém, não conseguiu converter as chances criadas em gol e saiu de quadra com a derrota por 2 a 1, no Centreventos Cau Hansen, largando atrás na busca por um lugar na decisão do Estadual.

Eka e Fernando marcaram os gols dos donos da casa, enquanto Daniel anotou o único tento dos jaraguaenses. “Nosso time parece que tem que apanhar para aprender. Estamos em dezembro e ainda não aprendemos que se não jogarmos como no segundo tempo, não vamos ganhar de ninguém”, esbravejou o ala Marcio. “O Joinville soube jogar em cima da vantagem criada no primeiro tempo e nós temos que manter o padrão do segundo tempo durante todo jogo, ainda mais em uma semifinal. Vamos corrigir algumas coisas para a volta e esperamos a Arena lotada para reverter a situação”, afirmou o técnico Fio.

Com a derrota em Joinville, o aurinegro precisa da vitória no duelo de volta, que acontece no próximo sábado, dia 9 de dezembro, para forçar a prorrogação, onde volta a ter a vantagem do empate por ter feito melhor campanha na primeira fase. Nova vitória do Tricolor ou empate dá a vaga aos joinvilenses. O clássico está marcado para às 19h15, na Arena. Os ingressos para a partida já estão sendo vendidos de forma antecipada. Nos valores de R$ 20 (cadeiras inferiores) e R$ 15 (cadeiras superiores), as entradas podem ser adquiridas no Restaurante do Espeto, Postos Mime (Matriz, WEG, Marcola e Reinoldo Rau), Panificadora Pão Brasil, Fanatikos Licenciados e Sport+.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Jaraguá tentou aproveitar o desgaste do Joinville que havia atuado no domingo (3), pela final da Liga Nacional, e começou pressionando o rival com uma marcação na quadra ofensiva. Tanto que em menos de dois minutos, a equipe chegou com perigo por duas vezes em chutes de longa distância. No primeiro, William obrigou seu xará a fazer boa defesa, e no segundo, Yuri quase marcou, mas a bola passou muito perto da trave esquerda. A resposta do JEC veio no minuto seguinte, quando Hulk salvou o aurinegro em finalização de Xuxa.

Depois disso, o jogo ficou truncado e com pouquíssimas oportunidades ofensivas. Mas em dois vacilos da defesa em bolas paradas, o Jaraguá viu o Joinville abrir vantagem no placar. Aos 11, em cobrança de lateral, Xuxa acionou Eka, que se desvencilhou da marcação e chutou no alto para fazer 1 a 0. Dois minutos mais tarde, desta vez em escanteio, Xuxa achou Fernando sozinho na área, que tocou por baixo de Hulk para ampliar. O time jaraguaense até tentou uma reação nos minutos finais, mas não conseguiu furar a defesa joinvilense e o 2 a 0 se manteve até o intervalo.

Com a desvantagem, o Jaraguá voltou com tudo para o segundo tempo e quase diminuiu logo no primeiro lance, após Daniel roubar a bola no ataque e sair cara a cara com Willian, mas acabou chutando pelo lado. Porém, aos 2 minutos, o camisa 5 não desperdiçou sua segunda chance. Depois de receber passe de William, ele fez bela jogada de pivô, girou sobre Fernando e chutou no canto esquerdo, sem chances para o goleiro rival. O empate quase veio aos 4, quando em bela jogada individual, Oitomeia arriscou de longe e carimbou a trave esquerda.

O aurinegro continuou em cima do rival e criando ótimas chances para empatar, mas Willian fez boas intervenções. Já o Joinville tentava levar perigo nos contra-ataques, mas quando chegava, Hulk também se mostrava seguro embaixo das traves. Aos 13, o Jaraguá teve a melhor oportunidade para deixar tudo igual, mas depois de William puxar rápido contragolpe e sair cara a cara com o goleiro rival, caprichou demais na finalização e a bola saiu pelo lado esquerdo. Até o apito final, o time jaraguaense teve outras duas boas tentativas em chutes de Oitomeia, mas a bola teimou em não entrar e o placar se manteve em 2 a 1 para o Joinville.

Fonte: Lucas Pavin/Futsal de Primeira

Voltar